quinta-feira, 28 de maio de 2015

O Conselho Tutelar Noruegues - Barnevernt

Para muitos  aqui na Noruega, quando se pronuncia a palavra Barnevern é como se tivesse invocando o nome do diabo ou soldados nazistas  estao a caminho.  Este é o conselho tutelar noruegues temido por uns ( pela maioria) e adorado por outros ( uma minoria).

Para se falar de Barnevern ( BV), temos que falar de crianca , dos direitos que ela tem .Eu quero escrever sobre o conselho tutelar sem assustar, pois eu mesma tenho meus fantasmas  sobre ele.
Como em todo o mundo a Noruega segue o manual de direitos da crianca e segue mesmo!




Por mais que os pais tenham total responsabilidade por seu filho a crianca pertence ao Estado Noruegues. O que isso significa?? Significa que o Estado é a " Fada Madrinha" da crianca, que ele  ira proteger a crianca em todos os sentidos, dando capacidade a ela se tornar um adulto com educacao, saudavel, seguro e feliz.


Por isso crianca na Noruega, indiferente se é norueguesa ou nao, Recebe toda assistencia necessaria ate completar 18 anos.
Escolas gratuitas com material didatico tambem gratuito, eu mal posso lembrar quantas vezes eu comprei lapis , borracha e canetas para meus filhos aqui, a nao ser para que eles tivessem um "luxo" de ter canetinhas de varias cores, lapis coloridos, essas coisas que crianca gosta e nos, os pais, damos. Mas nunca comprei um caderno desde quando meus filhos chegaram aqui.
Meu filho cacula com quase 5 anos, esta no jardim de infancia e nem mesmo  lanche de casa precisa levar.

A crianca tem tratamento medico gratuito, dentista gratuito, Os pais (geralmente  a mae no caso), recebe mensalmente uma ajuda de custo do governo de aprox. 400 Reias, POR FILHO menor de 18 anos, e isso voce nao tem que pedir nao!! A partir do momento que o Governo noruegues toma conhecimento que voce tem filhos no País ( no caso dos estrangeiros) e ou voce teve um bebê aqui, voce passa a receber essa ajuda de custo, o mesmo acontece quando  a " crianca" vai completar 18 anos. voce recebe uma carta  dizendo que no mes seguinte a ajuda de custo  para aquele filho sera suspensa. O dinheiro nao é muito, se comparando ao custo de vida aqui, mas que ajuda ele ajuda sim!



A crianca norueguesa( quando eu  falo "crianca norueguesa", estou me referindo a TODAS as criancas que residem na Noruega), desde pequenas sao orientadas a denunciarem maus tratos, agressoes, que sao cometidas contra ela e o que acontece em casa.
 Aos 3 anos ,elas ja sabem para onde devem ligar se caso o papai ou a mamae bater nela, ou se a mamae e o papai brigam muito em casa.
Elas sao orientadas e estimuladas a contar isso no jardim de infancia e nas escolas em forma de brincadeiras, historinhas e filminhos. Para os maiores livros bem faceis de ler.


Este filme em noruegues  aqui ganhou varios premios  na Europa. A censura dele é para criancas maiores de 7 anos e mesmo estas devem assistir com um adulto. o filminho mexe ate mesmo com os nos , os adultos.
O nome do filme é Sinna mann ( o homem zangado). Conta a historia de um menino chamado Boy que  sofre e presencia agressao dentro de casa e nao conta para ninguem pois eh um segredo. com a ajuda de um cachorro,  ele escreve uma carta ao Rei que vai buscar o pai em casa e o leva para o " castelo" para que ele aprenda  a ser bom e a controlar sua agressividade. Assim o filho vai todos os domingos vistar o pai no castelo, ate que o pai aprende a ficar bom.


Meu filho na epoca com 4 anos, chegou em casa  e disse :" Hoje na escolinha a gente aprendeu a ligar para a policia! Vou te mostrar! disse ele e  pegou o meu celular e teclou 112". Fiquei orgulhosa e disse. Que bom filho!! assim se a gente  precisar ligar para a policia, voce ja sabe! Em respota a minhas  palavras de orgulho  escutei: " Sim mamae, se voce ou o papai  ou qualquer adulto me bater , ou se o papai brigar com voce eu ligo pra eles e eles vao vir aqui."

E  podem acreditar viu!! a policia Norueguesa vem mesmo! e acompanhada do conselho tutelar.
Nos temos esse cartaz  em casa :





Na Noruega é proibido qualquer tipo de agressao fisica ou verbal, entre as pessoas. Aqui voce pode pensar o que quiser e falar, contanto que o que voce fala ,nao va agredir o  outro. É terminantemente proibido qualquer tipo de agressao a crianca. Aqui voce nao pode bater,nem que seja uma palmada, sacudir, gritar, apertar, beliscar, isso nao existe, ou melhor, nao pode existir.  Portanto para muitas pessoas que tem a "cultura da palmada", morar na Noruega é um aprendizado.


O Conselho tutelar ( BV) tem como lema " O MELHOR PARA AS CRIANCAS ", esse orgao do governo hoje em dia esta recebendo muitas criticas ruins de noruegueses em geral, dos estrangeiros em sua maioria e tambem de seus funcionarios .
 Eu  confesso que muitas vezes fica dificil de entender o que eles entendem de " melhor", logico que em muitos casos, quando a crianca esta  sendo maltratada, ou quando existe muita briga em casa  entre os pais , eles agem rapido e sao inquisidores.

 O BV esta sendo acusado de quebrar as regras e as leis e ate mesmo passar por cima  de decisoes judiciais. Na verdade o BV tem uma autonomia( que deram a ele durante muitos anos)de  policia, advogado e juiz. Entao, o BV recebe a denuncia, investiga, faz o processo e julga. Para casos que nao é necessario chegar  a um juri de fato.E isso tudo em relacao a familia e criancas.



Nao somente a crianca , mas qualquer um tem o DEVER de denunciar qualquer tipo de maus tratos ou agrecoes. Muitas vezes o seu vizinho de porta ou aquela sua amiga, vai denunciar a policia , caso ela ver que voce esta comentendo algum ato que nao é correto.


O Conselho tutelar , tambem entra em casos de separacao e divorcio se existir crianca envolvida.O conselho tutelar tambem ajuda casais  com problemas de relacionamentos e os encaminahm para terapias de casais. As criancas nesses casos tem toda a atencao de psicologos, pedagogos, tanto individual como acompanhamento escolar e com visitas periodicas.O Conselho tutelar oferece cursos para os pais aprenderem a cuidar de seus filhos , para serem pais  melhores e tudo isso sem tempo de espera, e gratuito.
Esse sim é o lado bom do Conselho Tutelar noruegues.Protecao a crianca e a familia.




Infelizmente " nem tudo o que reluz é ouro", muitas acusacoes contra  o sistema usado pelo conselho tutelar de protecao a crianca nesses ultimos anos, estao sendo questionados. Muitos acusam o BV de sequestro de criancas e usando a forca policial para ajudar a retirar a crianca de seus pais .Muitas vezes indo ate mesmo na escola ou no jardim de infancia buscar essas criancas, enquanto os pais se encontram no trabalho. Em alguns casos ate , retirando das maes o seu bebe que acabou de nascer.



Logico que eles nao fazem isso simplesmente  fechando os olhos e tirando um nome aleatorio de uma sacolinha. Para o BV chegar  a retirar uma crianca de seus pais eh porque ja existe uma historia por detraz. Muitas vezes horrivel ou que a gente nao consegue entender.
Mas ha casos de decisoes do conselho tutelar bem infundadas que realmente faz a gente pensar que eles fazem isso como se fosse uma agencia de criancas.
Assista esse video de  uma acao do conselho tutelar, muito triste.




 Muitas familias norueguesas  ja perderam e perdem suas criancas,  nos processos julgados pelo conselho tutelar, mas a maioria ainda sao as familias e maes estrangeiras.



Minha professora do curso de linguagem de sinais , um dia disse que maes que sao surdas, tem seus filhos tirados  delas , pois o conselho tutelar acredita que elas nao serao boas maes , por serem surdas, pois caso o bebe chorar  ela nao ira escuta-lo e por essa razao a crianca pode  vir a falecer.


Historias de maes que disseram ter depressao ou depressao apos parto  e que por essas razoes tiraram seus filhos. Se uma mae solteira  pede ajuda ao BV por alguma razao essas muitas vezes sao investigadas pelo conselho tutelar.
 Criancas que vao para a escola com aparencia de  desleixo, filhos que nao vao a escola,criancas que dizem que ela nao gosta de certo tipo de comida , comum aos norueguesa na escola e prefere comer comida  feita pela mae, criancas que relatam casos de maus tratos, criancas que convivem com pais que brigam, pais que falam muito alto, pais drogados, alcoolatras, maes jovens e uma infinidade de motivos que podem levar uma familia  a perder a guarda total de seu filho.

As vezes uma mae ( como foi o caso de uma brasileira) entrou em contato cm o conselho tutelar para  pedir ajuda pois estava se separando e  foi decidido pelo conselho tutelar que a filha nao poderia ficar com ela mais e que eles iriam tirar a crianca dela. Essa mae foi para a embaixada do Brasil em Oslo e ficou la protegida , ate que ela pudesse deixar o Pais com a filha. mas foi uma saia justa, entre os 2 governos.  veja aqui.




Nos ultimos tempos  comecou a se ouvir varios casos de brasileiras que perderam ou estariam perdendo seus filhos para o conselho tutelar. Se para uma mae norueguesa perder um filho é terrivel e ela ainda tendo o apoio de sua familia para continuar adiante, imagine , para algumas maes estrangeiras que nao tem ninguem aqui?
Muitas das maes brasileiras que perderam ou estao para perder seus direitos para com seus filhos , sao a maioria , porque estao separadas de seus maridos ou  eles estao brigando na justica.
veja mais um caso aqui de brasileira que perdeu a guarda de seus filhos aqui.


Nesse caso ambos saem perdendo, pois sempre nas brigas os " podres" sobem a tona e muitos deles podem influenciar a decisao do conselheiro tutelar a nao dar a guarda para nenhum dos dois.

Horrivel dizer isso mas é uma verdade dura e crua: Se voce por acaso nao tiver certeza do seu relacionamento nao tenha filhos. Nao tenha filhos na Noruega , embora seja o melhor pais para ser mae e para criar  filhos. Procure sempre estar em harmonia em sua casa, procure entender a cultura do Pais, as pessoas. Voce vai levar anos , ou ate mesmo uma vida inteira e nao ira se acostumar com tudo, mas se voce escolheu viver aqui terá que pelo menos  aceitar. Lembre-se que  quando tudo esta bem em um relacionamento  tudo sao flores, mas , se algo no percurso acontecer certamente voce ira encontrar  muitos  espinhos e  a primeira coisa que  vao querer tirar de voce  sao os filhos. alegando  tudo  de ruim possivel que  possam achar.Triste ,mas eh fato.

No 30 de maio  havera uma manifestação contra o conselho tutelar em Oslo , onde o grupo formado por  famílias afetadas pelas autoridades de proteção criança e apoiadores a causa, irao ate o Parlamento Noruegues onde depositarao  rosas .



Caso voce esteja na Noruega e precise de ajuda:




8 comentários:

  1. Nossa, horrível! A família fica completamente impotente... É realmente um abuso! Entendo que em casos de maus tratos eles devam intervir, mas as regras deveriam ser mais transparentes... Tirar um filho assim de uma mãe é terrível, e segundo estatísticas, muitas vezes a criança criada em abrigo desenvolve mais problemas psiquiátricos do que uma que cresceu com sua família, mesmo que a família tenha problemas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só um choque cultural. Eles não reclamam da nossa cultura de roubalheira, do nosso país de bandidos etc. Não tenho reclamações da cultura deles. Não posso simplesmente julgá-los já que são países bem mais antigos do que a nossa pátria de pilhagem chamada Brasil.

      Excluir
  2. oi Ana Paula tudo bem, estava passeando pela net e achei seu blog, e tbm fiquei muiiiito imprecionada com a materia que colocou, se isso tudo fosse no Brasil as cadeias nao suportaria tanta gente, principalmente algumas professora por aq. sou professora e tenho um sonho de comecer a Noruega e meu pais predileto, mas fiquei ate com medo, e melhor então nem ter filhos né. mas amei e bom pq muiito pouco conheço deste pais, bjssss meu blog e http://teacherrsweet.blogspot.com.br/ .

    ResponderExcluir
  3. Puxa Ana Paula, que triste algumas coisas relacionadas a esse conselho tutelar. Meu sonho é morar na Noruega, eu e meu marido estamos nos programando pra isso ja alguns años, temos 3 filhos pequeños. Confesso que deu um frio na barriga. Vou precisar me interar mais na cultura e entender o que eles "entendem como o certo" em educaçao. Vc acha que isso pode melhorar com essas manifestacoes acontecendo, ou nao? Aquí no Brasil é totalmente diferente. E sempre admirei a cultura da Noruega, como sao em relacao a igualdade social, respeito, ao cumprir regras, etc.

    ResponderExcluir
  4. Me senti mal pela mãe chorando e vendo seu filho partindo sem seu consentimento. Não sabemos a real causa dela ter perdido a guarda, mas me colocando no lugar dela como mãe deve ser deprimente, arrasador.

    Recentemente o conselho tutelar aqui do Paraná tirou a guarda duma mãe viciada em drogas. Acho que toda criança deve ter uma família e principalmente, uma família saudável.

    Creio que uma reeducação com ajuda psicológica, acompanhamento educacional e reabilitações nesse caso seria o primeiro passo pra ela reconquistar a guarda do filho.

    A guarda permanente só deveria vir em casos de abusos contra os pequeninos.
    Achei de certa forma exagerada ALGUMAS ações da Barnevern, mas aplaudo algumas políticas de educar a criança a denunciar agressores.

    A sociedade brasileira precisa aprender que há outras maneiras de educar os filhos sem partir pra agressão. Violência não educa e muitas podem crescer traumatizadas como alguns casos que conheci.

    ResponderExcluir
  5. oi Ana Paula tudo bem?
    achei muito interessante seu post.
    muito legal também seu blog.
    gosto muito de artesanato em madeira e imagino que aí deve ter coisas lindas.
    um grande abraço e um feliz Natal !!!
    eliane
    http://elianeapkroker.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Anônimo11:37 PM

    oi Ana Paula tudo bem?
    achei muito interessante seu post.
    muito legal também seu blog.
    ja que vc trata desse assunto tao intrigante, gostaria de saber se eh possível denunciar casos abusivos de filhos de norueguês com brasileira residentes no ceara. levanto essa questão pq tem uma família residindo próximo a mim que maltrata de todas as formas possíveis os filhos e eu tenho o motivo e a intenção de levar adiante para proteger essas crianças
    um abraço e aguardo sua resposta

    ResponderExcluir